Diário do Vale Home Voltar

Polícia

Crime

Irmão do traficante Bicinho é assassinado em Pinheiral

Última atualização em 09/09/2013, às 19h30

 

Natacha Prado
natacha.parado@diariodovale.com.br

Pinheiral

Djalma Aparecido Mendes, de 39 anos, irmão do traficante Fabrício de Jesus, o 'Bicinho', de 28, foi assassinado no fim da madrugada de hoje (09), por volta das 5h40, na Rua da Cidadania, no bairro Parque Maíra, em Pinheiral.
O corpo da vítima foi encontrado próximo à linha férrea, atingido com quatro tiros (na cabeça, no peito e em um dos braços), todos de calibre 38. Contra ele só havia registrada uma passagem, em 2009, por pensão alimentícia. O corpo dele foi liberado na tarde de hoje do IML (Instituto Médico Legal) e será enterrado amanhã, às 8h, no Cemitério Municipal do Retiro, em Volta Redonda.
De acordo com a Polícia Militar, Djalma estava indo para o ponto de ônibus, de onde seguiria para a construtora em que trabalhava como pedreiro, em Volta Redonda. A mulher dele saiu de casa em sua companhia, mas em um determinado ponto seguiu outro destino.
Ele foi morto a 600 metros do local onde mora, no próprio bairro. A suspeita é que o autor dos disparos sabia da rotina da vítima e a seguiu até o local do crime, onde o fluxo de pessoas é pequeno.
A mulher de Djalma depôs na 101ª DP (Pinheiral), onde o caso foi registrado, e relatou que o marido não havia comentado sobre ameaças ou perseguições. Ela acrescentou que a vítima não tinha envolvimento com o tráfico de drogas, mesmo sendo familiar de um traficante.
A PM também informou que, durante os patrulhamentos no bairro, Djalma nunca foi visto em atitude suspeita ou envolvido com pessoas ligadas ao tráfico da localidade.
A Polícia Civil informou que continuará investigando o caso através dos depoimentos de testemunhas e de pessoas que possam colaborar para a elucidação do crime.

Busca por indícios

O tenente-coronel Marcos Vinícius da Silva Mello, comandante do 28º BPM - que compreende as cidades de Pinheiral, Barra Mansa e Volta Redonda - afirmou que ainda não é possível afirmar o motivo da morte de Djalma.
- Os policiais militares atenderam a ocorrência, mas a investigação será seguida pela Polícia Civil. Acredito que ainda seja muito cedo para indicar uma motivação clara. Sabemos que ele é familiar de um criminoso, porém não podemos esquecer que a vítima poderia ter alguma rixa com um possível desafeto - disse.
Uma das hipóteses para a morte, segundo o comandante, é o envio de um 'recado' para 'Bicinho', que está preso. Segundo Marcos Vinícius, é comum os criminosos atingirem um familiar para prejudicar uma terceira pessoa.
- Essa é uma forma de se vingar do desafeto. Mas ainda não há indícios que comprovem isso. A Polícia Militar vai trabalhar para prender o autor desse homicídio através do aumento de policiamento na área e com a colaboração dos moradores da região - enfatizou.
Uma operação para coibir a criminalidade e buscar indícios do suspeito do homicídio foi realizada durante a tarde pela PM.
- Os policiais militares serão incentivados a estimular as denúncias por parte da população. Precisamos nos aproximar dos moradores para que as informações sejam coletadas. Vale ressaltar que o anonimato é garantido para as pessoas que denunciarem. Vamos trabalhar de forma ostensiva nessa região, combatendo, inclusive, ao tráfico de drogas. O objetivo foi apreender drogas e armas, além de pessoas que estejam com mandado de prisão em aberto - concluiu.

Irmão de traficante

Irmão de Djalma, 'Bicinho' foi condenado no dia 29 de julho deste ano a 27 anos de prisão pelo assassinato de Clayton Luiz da Silva, em 2010. Na ocasião, o rapaz foi morto pelo traficante a tiros e teve o corpo jogado no Rio Paraíba do Sul.
O motivo do crime seria um acerto de contas, já que a vítima teria causado um prejuízo de aproximadamente sete mil reais para 'Bicinho'. O valor era referente a uma carga de droga que foi apreendida pela polícia.
'Bicinho' era ligado a uma facção criminosa do Rio de Janeiro e liderava o tráfico de drogas no bairro Dom Bosco, em Volta Redonda. Ele também já se envolveu em diversas disputas por pontos de venda de drogas, na Candelária e no São Luiz. Antes de ser julgado pelo homicídio, 'Bicinho' já estava preso pelo crime de formação de quadrilha.

 

Notícias Relacionadas

Polícia

Jovem de Volta Redonda é baleada e acusa o ex-namorado pelo crime

Habitação

Circuito

Exposição fotográficas pode ser vista na Escola M. Mato Grosso, em Volta Redonda

Em Volta Redonda

Suspeito de integrar bando que ameaçou delegado é apresentado

Em Volta Redonda

249 receberá projeto Cidadania é Aqui

Habitação

Saúde

Seminário discute avanços e desafios do Alzheimer em Volta Redonda

Veja as últimas notícias

Sua matéria pode ser a próxima a aparecer aqui! Clique aqui e envie.


Desenvolvido por AM4